domingo, 1 de julho de 2012

Percy Jackson e os Olimpianos - O Ladrão de Raios


Capítulo Três

Grover de repente 
perde as calças

Página 48 - Ao mencionar um encontro com uma pessoa suspeita e com apenas um olho na testa, Percy na verdade vira um ciclope. Na mitologia, os ciclopes são comumente filhos de Gaia, sendo principais os três primeiros, irmãos dos hecatônquiros e dos Titãs. São chamados Arges, Brontes e Estéropes, e possuem a imortalidade. São eles, junto aos hecatônquiros, que ajudam os deuses olimpianos na chamada Titanomaquia.

No seguinte parágrafo, Percy diz ter uma vez sido atacado por uma cobra quando estava em seu berço, e conseguira estrangulá-la  com suas mãos. Esse fato remonta ao conto de Héracles, semideus filho de Zeus e Alcmene. Tendo ela se deitado com ambos na mesma noite, ainda que sem tomar conhecimento disso, Ela acaba por dar a luz a dois filhos: Héracles e Íficles. Tentando matar o filho de seu marido, Hera manda duas cobras ao seu berço, as quais acabam por serem estranguladas pelas mãos do bebê que mais tarde seria o herói mais célebre da mitologia.

Página 49 - Ao descrever seu sonho, Percy diz ter visto uma águia dourada e um cavalo branco brigando entre si. Sem saber sobre isso, na realidade ele vê uma representação de Zeus e Poseidon brigando, pois utilizaram seus animais sagrados para lutarem. O símbolo de Zeus é uma águia, pois é um animal que domina os céus, enquanto o cavalo branco faz alusão ao fato de que Poseidon havia criado os cavalos da espuma do mar, por sua cor branca, aludindo às espumas.

Página 51 - Apenas como curiosidade, não possui relação com algum conto da mitologia em si, mas apenas com o grego antigo, "O Zeus kai alloi theoi!"  (em grego antigo: Ω Ζευ και αλλοι θεοι) é algum tipo de exclamação de proteção, significando "oh Zeus e outros deuses!".

0 comentários:

Postar um comentário